Precisando de ajuda?

Nossa equipe esta aqui para te auxiliar

Ligue para nós

(12) 3943-5111
(12) 3943-7711​
(12) 9 9723-5111

Nosso email:

clindig@clindig.com.br

Localização

Rua Paulo Setubal, 82 - Vila Adyana
São José dos Campos, SP 12245-460

Entre em contato conosco

Questões sobre diagnóstico

Resposta: Não.

-Mas o Ultra-Som é muito mais confortável, não pressiona as mamas!

Sim é mais confortável, porém quando se fala em câncer de mama, que é o maior temor de todas as pacientes, devemos utilizar os dois métodos, pois eles são complementares.

Existem alguns motivos. Os mais comuns são que as mamas podem ser densas, ou seja são muito “brilhantes”, “claras”, o que dificulta a visualização de nódulos e o Ultra –Som pode ajudar.

O outro caso é na possibilidade de uma densidade assimétrica ou uma imagem nodular. Pela mamografia não dá para saber se é um nódulo ou um cisto e o Ultra-Som faz isto muito bem. Qual a diferença ? É que cisto, na grande maioria das vezes é benigno, é claro que vai depender de suas características morfológicas, mas na grande maioria é benigno e a investigação termina. Porém quando o ultra-som detecta que é sólido  a investigação prossegue. Outra situação é em pacientes jovens, as mamas são densas, não se pede mamografia de rotina e o Ultra-Som ajuda muito.

As mamas são compostas por tecido fibro-glandular  e gordura em maiores ou menores proporções, variando de indivíduo para indivíduo, e quanto mais tecido fibro-glandular uma mama tem, mais ela é densa, pois isto é uma característica própria do tecido fibro-glandular. Com o passar do tempo e com a variação hormonal, o tecido fibro-glandular vai sendo substituído por tecido gorduroso, e a velocidade com que isto ocorre também varia de paciente para paciente.

Todos já devem ter ouvido falar qualquer coisa sobre estas patologias. Mas o que significam estas siglas? LER – Lesão de Esforço Repetitivo. DORT – Doença Ocupacional Relacionada ao Trabalho.

Sua principal manifestação é a dor. E quem não tem alguma dor muscular de vez em quando? E como saber se isto significa uma doença?

Inicialmente devemos procurar um médico, podemos começar com um Ortopedista ou um Neurologista. E se este médico achar necessário pode solicitar exames complementares e por isto entenda-se RX, Ultra-Sonografia, Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética, só para falar de exames por imagem.

O Ultra-Som tem a vantagem de não emitir radiação ionizante, que é acumulativa, de avaliar com grande precisão as estruturas musculares e tendíneas, cartilagens ou presença de líquido nas articulações, o chamado derrame articular.

O Ultra-Som tem ainda a vantagem de ser um estudo dinâmico, podendo, portanto, realizar estudos em quanto existe a movimentação dos membros em busca de conflitos que possam causar doenças. 

O diagnóstico destas patologias é de difícil realização, porém não são os exames que fecham um determinado diagnóstico e sim um médico. Para a minha felicidade, que sou médico ainda não inventaram uma máquina onde por um lado entra o paciente e por outro sai o diagnóstico, isto ainda é tarefa de médicos que utilizam todos os recursos disponíveis e conseguem realizar um diagnóstico e posterior tratamento para um perfeito restabelecimento de uma vida normal com saúde.